quarta-feira, maio 16, 2007

Estúpidos
























-Ser estúpido não é obrigatoriamente uma coisa péssima, mas lá que é mau, é!
-O maior problemas dos estúpidos é que não existe uma vacina contra eles, nem sequer um qualquer comprimido que os trate a eles e às suas consequências em nós. Simplesmente existem, estão por aí e nunca se sabe como, quando nem onde irão atacar de novo. Mas vejamos em que consiste a estupidez:

-Segundo um grande ideólogo do século passado, um místico visionário e reputado analista de questões essenciais, cujo nome me não recorda, a humanidade dividir-se-ia em quatro grandes grupos, sendo que um deles seria o grupo dos estúpidos. Os quatro grupos seriam estes: Inteligentes, Malvados, Incautos e Estúpidos. Para definir em qual grupo se enquadrava cada ser humano, apenas necessitamos de nos basear nas suas acções a cada momento. Vejamos:

-Os inteligentes, quando levam acabo uma acção relativamente a outro ser humano, saem beneficiados com o resultado desta e ao mesmo tempo beneficiam o receptor dessa acção.
Exemplo: Dois indivíduos jogam em sociedade no Euromilhões e no caso de ganharem dividem o prémio.

-Os malvados, quando levam a cabo uma acção que envolva outro indivíduo, obtêm beneficio dessa acção mas dela resulta prejuízo para o segundo elemento.
Exemplo: Dois indivíduos jogam em sociedade no Euromilhões e no caso de ganharem um deles fica com tudo e o outro sem nada.

-Os incautos, quando levam acabo uma acção relativamente a outro ser humano, não obtêm qualquer benefício ou sofrem um prejuízo, mas da acção em causa resulta vantagem ou ganho para o receptor da acção.
Exemplo: Dois indivíduos jogam em sociedade no Euromilhões e no caso de ganharem, um deixa todo o prémio para o outro.

-Os estúpidos, quando realizam uma acção que envolva outro indivíduo, fazem com que dessa acção resulte evidente prejuízo para ambos.
Exemplo: Dois indivíduos jogam em sociedade no Euromilhões e no caso de ganharem,um deita inadvertidamente o comprovativo do registo no WC e ainda inadvertidamente, puxa o autoclismo.

Assim pensava o mundo, o referido estudioso. Eu… acho apenas que todos somos estúpidos em ocasiões inesperadas e uns mais do que outros

2 comentários:

SA disse...

o mal de tudo é que os que se incluem no primeiro grupo são muitas vezes lixados pelos dos outros grupos

Daniel disse...

Qual é estúpido o Carmona ou o Marques Mandes?
Não percebi, mas garanto que não pertenço a nenhuma destas categorias, só que às vezes é mesmo muiiiiito difícil perceber. É tudo uma questão de ópticas...de curto ou de longo alcance