terça-feira, novembro 18, 2008

O Pior Ministro das Finanças da EUROPA

























Financial Times dixit
______________________________________________

Teixeira dos Santos é o pior ministro europeu das Finanças no "ranking" do FT

18.11.2008 - 15h44 PÚBLICO


O ministro das Finanças português, Fernando Teixeira dos Santos, é o último de um “ranking” criado pelo “Financial Times”, há três anos, que aprecia o desempenho dos ministros europeus das Finanças e que é liderado pelo congénere finlandês, Jyrki Katainen.

O guia do jornal económico britânico baseia-se em informações estatísticas dos países de origem de cada ministro e na opinião de economistas e comentadores. Para o FT, a deterioração do ambiente económico e financeiro nos últimos meses constitui um momento particularmente difícil para quem lidera a pasta das Finanças na Europa.

Na cauda do “ranking”, na décima nona e última posição com 16,4 pontos (contra 3,8 pontos do ministro finlandês), Teixeira dos Santos é penalizado pelo fraco comportamento da economia portuguesa e pela baixa visibilidade da sua presença nas instâncias europeias, justifica o FT. O “ranking” analisa o comportamento dos ministros em três vertentes: testes políticos, de estabilidade e económico.


Teixeira dos Santos classificado como o pior ministro das Finanças da União Europeia

“Diário Económico”

O ministro de Estado e das Finanças português foi classificado na última posição da tabela do jornal britânico 'Financial Times' relativamente ao desempenho dos ministros das Finanças europeus, tendo recebido baixas notas nas áreas de Política e Economia.

EU PERGUNTO:

Existirá por acaso alguém tão distraído, inconsciente, ignorante, seguidista ou imbecil que ainda se não tivesse apercebido deste facto?

Quantas vezes os melhores economistas da “nossa praça” já o disseram?

Quantas asneiradas já lhe suportámos?

Quantas vezes mais lhe iremos suportar a arrogância e as medidas calculadas para disfarçar a crise em vez de contribuir para a resolver?

Quem é que não sabia isto que o Financial Times agora afirmou?
Não senhor Sócrates! O senhor não conta, baixe lá o dedo!


1 comentário:

korrosiva disse...

O "Sr" Socrates é o primeiro a saber o que a casa gasta, se o manteve foi para servir os seus próprios interesses!!