sábado, dezembro 19, 2009

Razões porque não acredito no Pai Natal:

PAI NATAL IN-PROVAVEL

Razões porque não acredito no Pai Natal:

-Os anões (elfos) que o ajudariam quereriam ser chamados como pessoas de pequena estatura física e não anões. Fariam parte de um sindicato e não trabalhariam mais horas nas más condições climáticas do Pólo Norte.

-As renas seriam devolvidas à natureza por uma organização conservacionista qualquer e o Pai Natal multado por posse de espécies selvagens pela Brigada da Natureza da GNR.

-O trenó não estaria homologado pela DGV e seria apreendido.

-O Pai Natal fuma cachimbo e isso não seria visto com bons olhos pelos anti-tabagistas militantes.

-A Autoridade de Aeronáutica Civil haveria de o impedir de voar de noite.

-A esposa do Pai-Natal já teria pedido o divórcio farta daquela vida e alegando algum tipo de violência doméstica por ele não passar os Natais em casa.

-O Pai Natal haveria de comprar os computadores Magalhães na JP Sá Couto sem concurso prévio e arranjar problemas por isso.

-Já teria sido considerado suspeito de pedofilia por sentar as crianças no seu colo.

-Já teria sido censurado por ser sexista por dar às meninas bonecas e aos rapazes comboios. Os brinquedos não poderiam ser feitos na China, fazer demasiado ruído, ou conter substâncias corantes. Não poderiam conter símbolos religiosos, características rácicas ou militaristas. Não poderia oferecer doces ou guloseimas algumas e as Barbies teriam que ser mais gordinhas e o Action Man teria que ter uma versão gay.

2 comentários:

Austeriana disse...

Feliz Natal, Rui!

Di...vagar disse...

Ai ti Rui ti Rui que acabei agorinha mesmo de deixar de acreditar no gajo!

;O)****