sexta-feira, agosto 25, 2006

ONU (Ó NU!!)












-A ONU não vale nada. Representa cada vez menos, tem cada vez menos poder e menos capacidade de manobra. Não tem peso político, não tem força militar ou outra, é manipulada pelos interesses dos países membros permanentes do Conselho de Segurança. Não evita conflitos nem os previne, não evita crimes contra a humanidade e nem sequer os pune.
-Recentemente no caso do Líbano, veio tentar impor um cessar-fogo entre uma organização terrorista e um estado soberano que ela própria reconhece; Sendo que os repetidos ataques terroristas a partir do que deveria ser um país soberano nunca incomodaram a dita ONU. Também nunca foi causa de preocupação o facto de um país com presença de forças da própria organização, ter todo o seu sul dominado por grupos violentos que não reconhecem aquilo que ela própria reconhece e que desencadeiam ataques cobardes a partir desse território de ninguém onde tropas de boina azul se dizem observadores. Realmente, tudo aquilo que fazem é observar.

-A futura força da ONU no Líbano já começa mal. Aparentemente a França com a sua costumeiro chauvinismo, irá comandar, a Itália irá participar mas ninguém sabe por quanto tempo, a Alemanha também, apesar das dificuldades politicas poderá enviar tropas, Portugal e outros países poderão participar se forem clarificadas as circunstâncias dessa participação, em suma: ninguém parece saber bem o que irá acontecer. Isto é o reflexo da politica de defesa europeia, que se existe não funciona e se funciona, funciona apenas intermitentemente e de modo hesitante. Temos por isso duas das mais importantes organizações mundiais envolvidas na questão Libanesa, e ambas sem conseguirem convencer ninguém da sua eficácia.

Rui

1 comentário:

Calca disse...

As jogatinas são sempre as mesmas, concordo com tudo o que dizes. e gosto do blog. Vou voltar!