segunda-feira, janeiro 01, 2007

2006 - Balanço Anual


-



















Agora que realmente é oficial que se concluiu 2006, este é o meu balanço possivel:

2006 foi o ano:

De Cavaco Silva.
De Manuel Alegre.
Do adeus de Sampaio.
Mau de Soares.
Dos Humanos.
De Telma Monteiro.
De Francis ObiKuelu e de Vanessa Fernandes
De um Herman José sem graça.
Da Floribella.
De Manuel Pinho sem tino
Da deseducação.
Das Maternidades fechadas.
Das Escolas fechadas.
Das Urgências fechadas.
Das fachadas do SIMPLEX.
Da crise da Policia Judiciária.
Das portagens nas SCUDS.
Dos novos Boys em novos Jobs.
Dos Procuradores da República: o antigo e o actual.
Em que duas mulheres tentaram “casar-se” em Portugal.
Da reabertura do “Processo Aborto”.
De Stanley Ho, Ho, Ho no casino de Lisboa.
Em que nevou onde não é costume nevar.
Em que ardeu o que não era suposto arder.
Em que inundou o que já não se devia inundar.
O ano em que a protecção civil alardeou o pânico a cada dia de Inverno.
De inferno, para o CDS e para o PP.
Das faltas dos deputados por culpa do futebol.
Do Campeonato do Mundo de futebol e de Portugal, excepcional no campeonato do Mundo de futebol.
Do caso Mateus.
De Cristiano Ronaldo.
De Valentim Loureiro.
Do “Apito Dourado”.
O ano de Pinto da Costa do porto.
De Carolina Salgado, de Pinto da Costa do porto.
Do Metro do Porto.
Do Rivoli do Porto.
De Rui Rio do Porto.
Do seu túnel de Ceuta.
Da oferta do CCB a Berardo.
Da morte da “Festa da Musica no CCB”.
Da queima de resíduos em Parque Natural.
Do primeiro serial-killer português.
Dos pinguins e de Al Gore no cinema.
De Carrilho Chorão.
De Santana acusador agudo.
De Sousa Tavares, sem plagio mas de pau na mão.
Dos “Grandes Portugueses” com Salazar e tudo.

-Há muito mais de que me lembro.
-De um ou outro dia feliz. De um passeio na ribeira do Porto. De visitar as Camélias…
-Enfim, de coisas que não esqueço e que não passaram com a passagem do ano.
-Que este seja bom para TODOS NÓS!

1 comentário:

Arion disse...

Feliz 2007! Forte abraço!