terça-feira, novembro 08, 2005

CHOCOLATE











-
Vem aí a feira dos gulosos e todos falam nisso à boca cheia antevendo o encher de boca e a satisfação dos sentidos. Até os mentirosos que dizem que não são gulosos, não conseguem esconder aquele brilho intimamente guardado e que os olhos traem.

-Chocolate, para a tristeza, para a, reconciliação, para oesquecimento, para a desculpa e remédio de todos os males. Triunfo do individualismo materialista, comer para não ser comido. Desculpa para frustrações sem desculpa, mentira com que nos enganamos com a glucose a pulsar nas veias.
-Chocolate branco, negro, chocolate esculpido, com licor e vinho do Porto, com passas mel, gelado e quente. Chocolate em barra, em molho, em bom-bom, em cocktail e em tablete. Pastéis de chocolate, bolos dele, bolinhos, salame, mousse, creme, recheio e cobertura. Com amêndoas, nozes, frutas e cereais, a sós ou com companhia.

-CHO-CO-LA-TE !

-O maior consolo das papilas mais simples e de todas as almas. Prazer, luxo, desejo, vicio, arte, gula.
-É o triunfo final sobre as dietas e a tristeza suprema de quem é diabético.
-Dizem que vicia e eu acredito apenas por ser doce e bom ou apenas bom.

-Existem coisas melhores do que o chocolate, sem dúvida nenhuma, mas dessas talvez fale um dia. Agora… é altura do FESTIVAL INTERNACIONAL DE CHOCOLATE.

-Tenho pena não gostar de chocolate e apenas de quem gosta dele.
De outro modo talvez lá fosse mas assim… é IN-provavel.

Rui

2 comentários:

tuga disse...

Se há dia Nacional pra tudo pq não o dia Nacional dos Gulosos.
Hummmmmm, mais um chocolate.

Rui disse...

Realmente.. e porque não ?