segunda-feira, março 02, 2009

Os Perigos da Internet para crianças - Conselhos aos Pais

perigo na internet

Os Perigos da Internet para crianças, adolescentes e adultos aparvalhados:

Esta é uma das preocupações mais actuais de inúmeros pais que para manterem os filhinhos calados, sossegados e em casa permitem que eles se encerrem nos seus quartos horas a fio agarrados a Internet em vez de estudarem ou fazerem algo de realmente produtivo para e por si mesmos. Estão sossegados e isso é o "merecido descanso". Depois é claro, preocupam-se com o que lhes pode suceder ao contactarem com desconhecidos. Mas este não é o único problema que pode ocorrer e a maioria dos Pais parece ignorar tal facto. Podem ocorrer problemas de coluna vertebral devido a posições repetitivas e posturas erradas; problemas de audição devido ao volume exagerado dos auscultadores; de visão, devido ás longas horas passadas a ler com iluminação errada ou insuficiente. Problemas musculares nos nadegueiros e tendinites causadas pela repetição constante de movimentos mas o IMPORTANTE é que as criancinhas estejam sossegadas e deixem os paizinhos em sossego nas suas actividades de lazer que muitas vezes são exactamente as praticadas pelos rebentos.

Todos estes efeitos perniciosos (e outros) já eram conhecidos no tempo em que ler fazia mal aos olhos; ver televisão podia também cegar; ler histórias em quadradinhos provocava loucura e possível comportamento anti-social e a masturbação, cegueira e loucura.

Regressando aos males da Internet e para ajudar os Pais que considero profundamente irresponsáveis mas que apesar de tudo se preocupam com este tipo de questões (quando surgem casos graves nos jornais ou na televisão) elaborei uma série de princípios que podem aprender eles próprios e ensinar aos descentes.

NORMAS DE SEGURANÇA A USAR NA INTERNET (para pais e crianças):

1) Idealmente procurar amizades na Internet através de chats, grupos e coisas como HI-5 e afins é uma actividade que deve ser evitada pois apenas os tótós sem vida social o fazem.

2) Se ainda assim o “argumento” não der resultados é aconselhável incutir à criança a noção de que um bom “nick” deve ter piada, por exemplo:

· Mal.cheirosa.pés

· Henrique_Herpes.

· Gato.Gonorreia.

· Viúva Negra­_actualmente disponível.

· Born.on4thjuly_1945

· Simão_Sífilis.

· Ministra_da_Educação.

· Sem-desodorizante.

· Castradora.em.part-time.

· ry_Randjiviak.

3) Nunca divulgar online os seus dados pessoais. Mas se ainda assim se sentir compelido/a a responder às perguntas que lhe são colocadas responda sempre do seguinte modo:

a) Nome: Chin Iung Hammad.

b) Etnia: Retardado.

c) Aspecto: “tipo” Manuel Pinho.

d) Idade: Não sabe bem…

e) Passatempos: Homicídio e tortura.

f) Profissão do Pai: Padre.

g) Profissão da Mãe: Professora de Matemática.

h) Animais de estimação: Peixinhos de aquário assados.

i) Orientação sexual: Peixinhos de aquário.

4) No caso de alguém lhe pedir uma foto NUNCA envie uma foto sua ou de alguém que conheça pessoalmente. Em vez disso utilize um destes exemplos que aqui deixo.

Untitled - 3Untitled - 5 Untitled - 6 Untitled - 8 Untitled - 7 Untitled - 9

Untitled - 10 Untitled - 4

5) Se alguém insistir para se encontrar consigo, não aceite em circunstância alguma. Se ainda assim for convencido/a a fazê-lo combine encontrar-se em locais tais como a Assembleia da Republica em dia de debate mensal – Aí qualquer mentira que possa dizer será incomparavelmente menor do que aquelas que o governo estará a dizer na altura e qualquer resposta a que não responda parecerá natural face ao modo como o primeiro-ministro não responde às questões que lhe são colocadas. Quanto a mentiras que possa ouvir, o ambiente é propicio a que sejam ouvidas.

6) No caso de ser aliciado com promessas tais como a oferta de uma Playstation-5, um bilhete para um bom jogo entre o Porto e o Sporting , 150 mil empregos ou uma conta do BPN à taxa de 16% nunca concorde por se tratar de pura ficção.

7) Tenha sempre em conta que os “mentirosos online” mentem patologicamente acerca de tudo, do mesmo modo que vos aconselhei a fazer. Há no entanto um teste que pode ser feito: Pergunte-lhes se aquilo que afirmam é mesmo verdade; Se afirmarem que sim não acredite e se afirmarem que não faça exactamente o mesmo - Não acredite.

8) Fale sempre com os seu pais ou colegas de trabalho acerca daquilo que observa na Internet e das pessoas com quem fala. Sempre, excepto quando se tratar de pornografia, aquisição de drogas ou compra de bens sem pagamento de impostos. Isso é algo do foro privado e não deve ser dado a conhecer nem a Pais idiotas nem a filhos ignorantes.

Se seguir esta regras básicas, não apenas poderá evitar situações de perigo para as crianças cuja má educação tem a cargo (se ainda se não demitiu de mais essa tarefa parental) como também poderá poderá evitar amarguras do género de tentar engatar a sua sobrinha de 14 anos ou a filha de um amigo com 98 quilos e 1,95 metros.

Mas sobretudo lembre-se disto: A culpa não é da Internet, do mesmo modo que as ruas não têm culpa da violência que nelas se passa. As crianças necessitam de protecção paternal e maternal, de atenção a 100% e conhecimentos que são da sua única responsabilidade possuir e procurar transmitir; para isso necessita de duas coisas essenciais, tempo físico e sentido de responsabilidade paternal.

Tenha juízo e não leia artigos destes. Vá brincar com o seu filho ou filha em vez disso; passeiem e conversem, troquem abraços e carinhos. Se não tem tempo invente-o ou reveja as suas prioridades!

3 comentários:

NATÁLIA disse...

Oi anjo...
achei muito interessante sua matéria
Sou mãe e também me preocupo, porém vigio muito de perto.
Gostaria também que me ajudastes a colocar o gadget de peixinho no meu http://bellascoisinhas.blogspot.com
ou me diz como fazê-lo sou leiga nisso
Aproveite e faça-me uma visitinha, será bem vindo...
amartedoer sempre!!

Rui disse...

Houve aqui um comentário... mas como a "criatura" não sabia escrever retirei-o!
Lamento.. mas é necessário saber escrever para tentar ter opiniões expressas por escrito! É assim na vida e aqui também!
Lamento "criatura"... talvez depois de aprenderes a ler... Até lá!
Cordiais cumprimentos!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.