segunda-feira, março 26, 2007

LIXO ministerial



















-Houve há tempos atrás, um jornal que mostrava o lixo que algumas celebridades de cinema deitavam fora, para a partir dele desvendarem alguns detalhes das suas intimidades.

-Se tal fosse feito ao nosso chefe de governo, seria talvez isto o que apareceria:

1- Diploma de licenciatura em engenharia pela Universidade Independente.

2- Pack de seis embalagens de “KRISE” (refrigerante para gente de sucesso).

3- Embalagem de 5 quilos de aperitivos marca “CHATOS”. Oferecida por um assessor agradecido.

4- Embalagem de papel higiénico marca “PORTUGAL”. Todos sabemos para que serve.

5- Bilhetes da TAP para Sierra Nevada e para o Quénia.

6- Uma rosa seca e murcha, muito murcha, muito seca.

7- Panfletos de uma campanha eleitoral para a Presidência da Republica.

8- Discursos de anúncio da recuperação da crise, muitos, muitas vezes reescritos e amarrotados. Quase todos escritos por Manuel Pinho.

9- Dossier dos tempos da sua ultima campanha eleitoral. Vazio e sem conteúdo mas apesar disso deitado ao lixo.

10- Documento elaborado pelo Eng.º João Cravinho, antes de ter sido promovido até ao seu nível de incompetência europeia. O tema era “Combate à Corrupção” e foi literalmente atirado ao lixo.

11- Livro “Cão como nós” de Manuel Alegre com uma anotação manuscrita no título e deitado fora.

Nota: Clicar sobre a imagem.

3 comentários:

X disse...

Eh pá sou o primeiro a concordar que o Sócrates não é grande espingarda mas não me digas que estás com saudades do Guterres, do Durão Barroso ou do Santana....
X

Miss Alcor disse...

Brilhante! Simplesmente fabuloso! Crítica mordaz assim ao género de Eça de Queirós! Adorei.

Anabelacps disse...

Lixo compactado.