segunda-feira, julho 10, 2006

Freud explicava isto !













-A psicologia está decididamente na moda.
-Embora eu considere que a psicologia e a psicanálise, não passam de uma muito rentável invenção de um sexualmente desequilibrado individuo chamado Sigmund Freud, aceito que outros possam pensar de modo diferente. Enfim cada um tem as suas taras, lá diz o povo.
-Os distúrbios comportamentais e psíquicos, são hoje uma onda cuja crista não pára de crescer, ameaçando a sanidade e a carteira de todos. Essa é pelo menos a ideia com que a indústria da psicologia tenta convencer-nos.
-Quem actualmente não sofrer de: neuroses várias, complexos, traumas, esgotamentos, depressões, fobias, obsessões ou outras fragilidades da alma, não é visto pelos seus pares como um ser humano verdadeiro. Também qualquer criança que não seja: traumatizada, disléxica, hiper-activa, desintegrada, apática, impaciente, desajustada ou associal não deve ser considerada uma criança dentro dos parâmetros do que se teima em chamar “normalidade”.
-Chegamos mesmo ao ponto ridículo, de que sempre que um acidente ou catástrofe ocorre, ainda mesmo antes de prestar o devido socorro às vítimas, já apareceram os psicólogos para acompanhar as famílias dos envolvidos.
-Os psicólogos aparecem em tudo o que se passa em todos os lugares e a todo o tempo: escolas, tribunais, assistência social e de reinserção, departamentos de recursos humanos, lares de terceira idade e infantários, cuidados de saúde, agencias de publicidade, estudos de impacto ambiental, cursos de pseudo-formação profissional, combate à tóxico-dependência, análise de mercados, enfim em tudo o que possa existir gerando lucro. Por vezes, até parece que este é o único curso superior que confere a quem o conclui, a possibilidade de ser especialista em toda e qualquer área do saber, ou pelo menos o direito de se pronunciar.
-Por relação pessoal, conheço e convivo com vários profissionais desta área, e nunca ouvi a nenhum deles um comentário positivo acerca de um colega que não seja simultaneamente amigo pessoal; Isto faz-me pensar que também eles devem ter os seus problemas, distúrbios ou lá o que tanto querem que tenhamos todos nós e recorda-me a frase que uma vez ouvi: “Pois… ela tem um esgotamento porque é rica e tem a mania que é fina. Se fosse eu apenas andava f…. da cabeça!”.

-Talvez Freud pudesse explicar isto, mas ainda assim acho In-Provavel.


Rui

2 comentários:

Luisa disse...

É como tudo na vida: quer-se é lucro e como andam muitos "malucos" por aí inventou-se o consultório do psicólogo porque se percebeu que esta a dar dinheiro. Também conheço muitos psicólogos e não conheço nenhum "maluco" curado...

Luisa disse...

Quanto ao teu comentário de hoje no meu blog, fazes muito bem em reler o Eça. Eu faço-o constantemente e nunca me sinto cansada