sábado, junho 19, 2010

Saramago (José)

saramago in-provavel

Saramago (Azinhaga, Golegã, 16 de Novembro de 1922 — Lanzarote, 18 de Junho de 2010)

Que a terra te seja leve ou que as tuas cinzas se espalhem como a tua obra que admiro!

Do homem conservarei a minha opinião.

“Nunca confundi a obra-prima do mestre com a prima do mestre de obras!”

No entanto vou ouvir elogios dos que te detestavam. Vou ler loas daqueles que te leram atravessadamente ou dos que nunca te leram em “modo de ler”.

Vais ser honrado por quem te usou usando-te de novo e pelos que usáste Tu. Serás analisado, reeditado, relido, refalado, talvez até perdoado… e vais ser confundido com a tua obra que era apenas “a tua obra”. Talvez fiques na História e as tuas histórias de homem vulgar e daninho como são todos os homens vulgares sejam esquecidas, do mesmo modo que se perdoam os pecados aos homens daninhos que deixaram de ser vulgares.

Que a terra te seja leve José!

Desejo-te uma boa morte!

2 comentários:

teresa disse...

RIP Saramago!

Helena Teixeira disse...

Olá!
Não apreciava a pessoa e o escritor nem por isso. Que deixa alguma marca no Mundo, deixa...sobretudo por ser adepto do "Falem bem ou mal de mim,mas falem".
Paz à sua alma.

Jocas
Lena

Convite: participe na Blogagem de Julho do blog aldeiadaminhavida. O tema é: “A Fruta da minha Região”. Vale tudo: texto, foto, imagens, vídeos, receitas, cartazes… dê asas à sua imaginação, enviando a sua participação para aminhaldeia@sapo.pt até dia 8 (de preferência). Esta semana, sairá 1 post com mais informação.